Partilhou? X
Empresas, produtos, serviços, ideias e oportunidades! GRATUITO!

Diferença entre CPU e o gabinete.

Já conheci e vejo ainda muitas pessoas, inclusive que trabalham com informática cometendo um erro muito simples mas crítico. O hábito de confundir gabinete e CPU. Quando se desconhece a informação é aceitável. Mas quando já se tem conhecimento ou até mesmo é técnico na área é um erro quase proibido de cometer, pois acreditamos que já possuem uma carga de conhecimento suficiente para não serem levados a esse descuido. Vamos explicar detalhadamente o que é cada um.

O que vem a ser gabinete ou case?

Na prática da mesma forma que o esqueleto é para nosso corpo o gabinete é para o computador. Ou seja, serve de sustentação, estrutura e proteção aos dispositivos internos que compõe o micro. Dispositivos como placa mãe, fonte de alimentação, memória RAM, DVD ROM, HD e ate mesmo a CPU.

O que é o CPU?

A CPU é basicamente consiste na unidade de processamento central onde todas as informações serão manipuladas e trabalhadas, ou seja, processadas de modo que se chega em um resultado final e geralmente ordenado em forma de imagens, no monitor por exemplo.

A CPU, de uma forma objetiva, é um dispositivo no computador que efetua cálculos. Hoje em dia não podemos mais dizer que ele é o único pois as novas placas de vídeo já possuem seus chips próprios que processa cálculos gráficos também. Independente do modelo ou fabricante a função de um processador é manipular dados ou simplesmente efetuar cálculos que lhes serão entregues e devolvidos de maneira satisfatória para o usuário.

Agora que foi devidamente explicado as diferenças entre o CPU ou (processador) e gabinete comente com seus amigos e explique também essa diferença tão confundida no nicho da informática.

Deixe um comentário